Procedimentos


Pós-Bariátrica

Lifiting Braquial

lifting braquial

O que é Lifiting Braquial ?

Também conhecido como braquioplastia, é uma cirurgia indicada para remodelar o braço, que sofre com os sinais do envelhecimento e a flacidez, para que tenha novamente o tônus muscular.

A técnica atua na redução do excesso de pele e gordura entre a axila e o cotovelo, remodela o braço e resulta em uma aparência mais jovem.

E o melhor: a cicatriz fica embaixo do braço.

Alguns fatores podem favorecer a perda do tônus muscular nessa região, como hereditariedade e oscilações do pele.

O exercício físico ajuda na recuperação do tônus, mas pode não ser suficiente.

 

Qual é a indicação para Lifiting Braquial ?

O procedimento é indicado tanto para homens quanto para mulheres adultas que tenham tecido e músculos saudáveis.

O cirurgião especializado é capaz de estudar metas realistas para melhorar a aparência ao redor dos olhos.

A cirurgia é recomendada para pessoas com flacidez significativa na parte debaixo dos braços.

 

Quem pode fazer a cirurgia:

  • Indivíduos sem patologia que traga risco para a cirurgia ou que possa dificultar a cicatrização;
  • Pessoas que não fumam;
  • Pessoas com metas condizentes com sua condição.

 

 

Importância da consulta médica:

A consulta médica é o momento propício para que todas as dúvidas sejam tiradas, todas as questões sejam expostas e metas realistas sejam traçadas.

O sucesso também depende muito da sinceridade do paciente com o seu médico.

Não omita nada. Aborde:

  • O motivo para querer fazer a cirurgia, o resultado desejado e as expectativas;
  • Condições de saúde, assim como tratamentos realizados no passado e alergias medicamentosas;
  • Medicamentos que faz uso atualmente, homeopatia, uso de cigarro, de álcool e drogas.
  • Cirurgias anteriores.

 

 

O cirurgião pode querer:

 

  • Fazer uma avaliação do seu estado de saúde, dos fatores de risco e das condições que já existem;
  • Tirar fotos suas para adicionar ao prontuário médico;
  • Recomendar um tratamento e colocar em discussão suas opções;
  • Apresentar riscos, complicações que podem ocorrer e prováveis resultados.

 

 

 

Na cirurgia:

Na preparação, pode ser necessário:

 

  • Realizar exames laboratoriais e passar por uma avaliação médica;
  • Fazer ajustes nos medicamentos atuais e adicionar outros;
  • Suspender o uso de cigarro bem antes da cirurgia;
  • Suspender certos medicamentos que podem aumentar o sangramento, como medicamentos naturais, aspirina e anti-inflamatórios.

 

Instruções especiais

 

  • O médico vai orientar sobre atitudes que devem ser tomadas no dia anterior à cirurgia, como suspensão e uso de certos medicamentos, tempo de jejum e banho.
  • O médico vai explicar como será o uso da anestesia;
  • Também serão explicados os cuidados no pós-operatório.

 

Acompanhante

É necessário um acompanhante por, pelo menos, uma noite após o procedimento, para que seja realizado o mínimo de esforço possível.

 

Fases da cirurgia de Lifting Braquial

Etapa 1 – Anestesia

A anestesia é administrada para garantir o máximo de conforto durante a cirurgia.

Em relação à forma de administração, pode ser anestesia geral ou sedação intravenosa.

O médico está capacitado para estudar a melhor opção para cada paciente.

Etapa 2 – Incisão

As incisões são feitas no interior ou na parte de trás do braço e podem se estender até a parte da axila.

O tamanho da cicatriz vai depender da quantidade de pele a ser retirada.

Em seguida, a pele em excesso é retirada e o tecido é remodela.

Etapa 3 – Concluindo a cirurgia

As incisões podem ser fechadas com suturas absorvíveis ou pontos, que são removidos em uma a duas semanas após a cirurgia.

Resultados

O resultado é a melhora no contorno, que pode ser vista assim que o inchaço e os hematomas desaparecerem.

Por fim, os braços ficam bem torneados.

Para manter o resultado da cirurgia, é fundamental seguir uma rotina de exercícios físicos e manter uma alimentação saudável.

Após o procedimento, bandagens são colocadas em cima das cicatrizes e também pode ser necessário o uso de malha de compressão para ajudar na sustentação do novo molde.

Em alguns casos, um dreno pode ser necessário para evitar que sangue e líquidos fiquem debaixo da pele.

 

Riscos e benefícios

Após discutir as opções e metas realistas, o paciente se responsabiliza por decidir se quer conseguir os benefícios que a cirurgia pode proporcionar.

Também terá que decidir se os riscos são aceitáveis.

Todas as opções serão explicadas em detalhes pelo cirurgião plástico e, ao final, o paciente deve assinar um termo de consentimento que assegura total compreensão dos riscos e das metas possíveis.

Pode acontecer:

  • Descoloração da pele;
  • Acúmulo de líquido na região;
  • Hematomas;
  • Cicatrização com defeitos;
  • Sensibilidade na pele;
  • Riscos com a anestesia;
  • Infecção;
  • Dor;
  • Trombose venosa profunda;
  • Necrose da pele,
  • Necrose do tecido adiposo,
  • Fios de sutura emergindo na pele;
  • Possibilidade de cirurgia de revisão;

 

Pergunte ao médico

Todas as dúvidas devem ser tiradas nas consultas que antecedem a cirurgia.

É importante que o paciente não sinta vergonha em perguntar, nem omita qualquer informação do seu cirurgião.

O sucesso da cirurgia depende também da confiança que um tem no outro.

 

Com todos os benefícios que as cirurgias oferecem, os riscos existem e devem ser estudados.

Cuidados do paciente

O sucesso da cirurgia depende do conhecimento do médico e dos cuidados que o paciente deve ter antes e depois do procedimento.

Ser zeloso, seguir as sugestões do médico e evitar esforços é fundamental no momento de cicatrização.

Após a cirurgia, o médico vai orientar sobre como fazer uso dos medicamentos que vão ajudar na cicatrização e os cuidados que devem ter nos dias seguintes.

Tudo para evitar o risco de infecção e para que a cirurgia seja superada o mais breve possível.

Após o procedimento, pode ocorrer inchaço, hematomas, desconforto e até irritação local.

Por isso, é fundamental seguir as orientações do médico.

Custo da cirurgia

Ao decidir fazer uma plástica e escolher um cirurgião plástico, tenha em mente que a experiência dele tem um preço e esse é um investimento que deve valer à pena.

É proibida a divulgação de preço de procedimento médico pelo Código de Ética Médica. Duvide apenas de procedimentos com preço baixo demais.