Procedimentos


Cirurgia para homens

Correção de Cicatriz

correção de cicatriz para homens barra da tijuca

Correção de Cicatriz, como funciona ?

As cicatrizes são sinais inevitáveis após uma ferida cicatrizada ou uma cirurgia. Quando ocorre uma cicatrização ruim, a cirurgia para correção é uma das opções.

Qual é o objetivo ?

Uniformizar o tom da pele e a textura que circunda a cicatriz.

As opções de tratamento da cicatriz dependem do tipo e do grau de cicatrização, como medicação tópica simples, técnicas menos invasivas e nova cirurgia para fechamento da ferida com técnicas avançadas.

Apesar do avanço das técnicas, é importante entender que uma cicatriz não pode ser apagada completamente, e sim ter seu aspecto melhorado.

 

Qual é a indicação para Correção de Cicatriz ?

O procedimento é indicado tanto para homens quanto para mulheres adultas que tenham tecido e músculos saudáveis.

O cirurgião especializado é capaz de estudar metas realistas. A cirurgia é totalmente individualizada e pode ser realizada por:

  • Indivíduos que sentem incômodo com uma cicatrização ruim;
  • Pessoas que não fumam;
  • Pessoas sem acne ativa ou doenças de pele para serem tratadas;
  • Pessoas com metas condizentes com sua condição.

 

Tipos de Cicatriz:

Queloides – São cicatrizes que se estendem além das bordas da ferida. Podem acontecer em qualquer parte do corpo, mas costumam se desenvolver onde tem pouco tecido de gordura, como nas orelhas, face, pescoço e ombros.

Podem ser dolorosas e ficar enrugas.

Cicatrizes hipertróficas – São cicatrizes altas, que se desenvolvem no local da cicatrização, com aspecto alto e vermelho, que podem ficar maiores com o passar.

São formadas por aglomerados de tecido espesso e podem ter cor mais escura ou menos escura do que a região.

Contraturas – Acontecem quando há grande perda de tecido e podem se formar onde a ferida se junta à circulação ou a junção da pele e do tecido durante a cicatrização.

A principal consequência é a restrição de movimentos à junção. É comum acontecer em regiões como dedos, joelhos, cotovelos e pescoço

 

Importância da consulta médica:

A consulta médica é o momento propício para que todas as dúvidas sejam tiradas, todas as questões sejam expostas e metas realistas sejam traçadas.

O sucesso também depende muito da sinceridade do paciente com o seu médico. Não omita nada. Aborde:

  • O motivo para querer fazer o procedimento, o resultado desejado e as expectativas;
  • Condições de saúde, assim como tratamentos realizados no passado e alergias medicamentosas;
  • Medicamentos que faz uso atualmente, homeopatia, uso de cigarro, de álcool e drogas.
  • Cirurgias já feitas.

 

 

O cirurgião pode querer:

 

  • Fazer uma avaliação do seu estado de saúde, dos fatores de risco e das condições que já existem;
  • Tirar fotos suas para adicionar ao prontuário médico;
  • Recomendar um tratamento e colocar em discussão suas opções;
  • Apresentar riscos, complicações que podem ocorrer e prováveis resultados.

 

 

Riscos e benefícios

Após discutir as opções e metas realistas, o paciente se responsabiliza por decidir se quer conseguir os benefícios que o procedimento pode proporcionar.

Também terá que decidir se os riscos são aceitáveis.

Todas as opções serão explicadas em detalhes pelo cirurgião plástico e, ao final, o paciente deve assinar um termo de consentimento que assegura total compreensão dos riscos e das metas possíveis. Pode acontecer:

  • Hematomas
  • Dor
  • Má cicatrização
  • Assimetria
  • Necrose da pele
  • Riscos anestésicos
  •  Perda de sensibilidade
  • Infecção
  • Despigmentação
  • Complicações cardíacas e pulmonares
  • Necessidade de nova cirurgia

 

Pergunte ao médico

Todas as dúvidas devem ser tiradas nas consultas que antecedem o procedimento. É importante que o paciente não sinta vergonha em perguntar, nem omita qualquer informação do seu cirurgião.

O sucesso da cirurgia depende também da confiança que um tem no outro.

 

Na alta médica

Se alguma complicação aguda for sentida, como falta de ar, dor profunda no peito ou batimentos cardíacos anormais, é preciso procurar um médico com urgência, que pode recomendar internação ou algum procedimento adicional.

Com todos os benefícios que as cirurgias oferecem, os riscos existem e devem ser estudados.

 

Cuidados do paciente

O sucesso da cirurgia depende do conhecimento do médico e dos cuidados que o paciente deve ter antes e depois do procedimento.

Ser zeloso, seguir as sugestões do médico e evitar esforços é fundamental no momento de cicatrização.

Após a cirurgia, o médico vai orientar sobre como fazer uso dos medicamentos que vão ajudar na cicatrização e os cuidados que devem ter nos dias seguintes.

Tudo para evitar o risco de infecção e para que a cirurgia seja superada o mais breve possível.

Após o procedimento, pode ocorrer inchaço, hematomas, desconforto e até irritação local. Por isso, é fundamental seguir as orientações do médico.

 

 

 

Mais informações entre em contato